Tobias Barreto é campeão em amputação de Pênis!

19 maio 2013 | 04:23 |
0 comentário

0O câncer de pênis mutila por ano cerca de mil homens em todo o país e aproximadamente 50 no estado de Sergipe. Através de informações do DATA/SUS, o município sergipano que apresenta o maior número de casos da doença é Tobias Barreto. Um dado curioso é que o câncer no órgão genital masculino ocorre em maior incidência no interior do estado, tanto é que Aracaju não possui nenhum caso registrado. O fato se deve aos moradores do interior não ter grande acesso as informações de prevenção e os programas de assistência à saúde familiar ser deficiente. A doença pode ser desenvolvida também através de fimose ou da presença de secreção esbranquiçada. Dentre os sintomas, o mais comum é uma ferida avermelhada que não cicatriza ou surgimento de nódulo.

O câncer de pênis é uma doença grave e que causa mutilação. O tumor maligno geralmente surge entre os 40 e 50 anos e para ser evitado a medida é simples, bastando apenas higiene, ou seja, simplesmente lavar com água e sabão.

 

Parece até mentira, mas, em pleno século XXI, a vergonha e a falta de conhecimento sobre o câncer de pênis faz com que muitos homens deixem de procurar uma ajuda médica enquanto existe tempo para o tratamento! Para se ter uma idéia, o Brasil tem alta incidência da doença. Este tipo de câncer representa 2% dos tumores que afetam o sexo masculino, sendo mais freqüente nas regiões norte e nordeste do país.

“A presença de fimose, verrugas, placas ou manchas avermelhadas elevadas, feridas crônicas com dor ou sangramento na glande e infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) são indicativos de possíveis lesões pré-cancerosas ou malignas”, explica o urologista Samuel Saiovici, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

Portanto, esqueça a vergonha! Confira o especial que preparamos para você e fique por dentro deste assunto e longe da doença!

Fatores de Risco

– Homens que não foram operados de fimose possuem maior probabilidade de desenvolver este tipo de câncer. A fimose ocorre quando a pele de prepúcio é muito estreita ou pouco elástica, o que impede a exposição da glande (“cabeça” do pênis), dificultando assim uma limpeza adequada.

– Outro fator de risco é a prática sexual com diferentes parceiros sem o uso de camisinha. A utilização do preservativo é imprescindível em qualquer relação sexual, pois ela diminui a chance de contágio de doenças sexualmente transmissíveis, como o vírus HPV (papilomavírus humano), por exemplo. Alguns estudos científicos sugerem a associação entre infecção pelo HPV e câncer de pênis.

Prevenção

– Para prevenir o câncer de pênis é necessário uma limpeza diária com água e sabão, principalmente após as relações sexuais e a masturbação. É fundamental ensinar às crianças desde cedo os hábitos de higiene íntima, que devem ser praticados todos os dias.

– A cirurgia de fimose é uma operação simples e rápida, que não necessita de internação. Esta operação, chamada circuncisão, é normalmente realizada na infância.

– Tanto o homem circuncidado como o não-circuncidado reduzem as chances de desenvolver este tipo de câncer com bons hábitos de higiene.

Detecção Precoce

– Quando detectado inicialmente, o câncer de pênis possui tratamento e é facilmente curado. É importante, ao fazer a higiene íntima, realizar o auto-exame do pênis.

Ao realizar o auto-exame, os homens devem estar atentos à:

• perda de pigmentação ou manchas esbranquiçadas;
• feridas e caroços no pênis que não desapareceram após tratamento médico, e que apresentem secreções e mau cheiro;
• tumoração no pênis e/ou na virilha (íngua);
• inflamações de longo período com vermelhidão e coceira, principalmente nos portadores de fimose.

Ao observar qualquer um destes sinais, é necessário procurar um médico imediatamente.

Tratamento

– O tratamento depende da extensão local do tumor e do comprometimento dos gânglios inguinais. Cirurgia, radioterapia e quimioterapia podem ser oferecidas. A cirurgia é o tratamento mais freqüentemente realizado para controle local da doença. O diagnóstico precoce é fundamental para evitar o crescimento local da doença e a posterior amputação do pênis, que trazem conseqüências físicas, sexuais e psicológicas ao homem. Por isso, quanto mais cedo for iniciado o tratamento, maiores são as chances de cura.

Mais informações

Instituto Nacional de Câncer

www.inca.gov.br

Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

www.hospitaledmundovasconcelos.com.br

Tobias Barreto é campeão em amputação de Pênis!

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Tobias Barreto é campeão em amputação de Pênis!


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.