Sintese: realiza plenárias nas escolas da rede estadual entre elas Colégio Estadual Artur Fortes – Carira

29 abr 2014 | 19:33 |
0 comentário

Membros da direção do SINTESE e representantes de escola têm percorrido as unidades de ensino da rede estadual tanto na capital quanto no interior, realizando as plenárias com os professores no sentido de: eleger os representantes de cada escola e também dialogar de forma mais direta com os professores sobre o que ocorre na rede estadual.

10173792_10200904676019115_2453250683665164230_n

A negociação do reajuste de 2014 e a reconstrução da carreira (revogação da lei 213/2011 e implementação do reajuste de 22,22% referente ao ano de 2012) são parte da pauta, mas também acontecem debates de como fazer enfrentamento frente à imposição por parte da Secretaria de Estado da Educação de um sistema de avaliação que está calcado em um pacote comprado e não reflete a realidade física e social das escolas.

Não ao Dia D

Depois da luta e resistência dos professores da rede estadual contra a imposição do Índice Guia nas escolas da rede estadual, a Secretaria de Estado da Educação – SEED lança uma nova ofensiva para transferir a responsabilidade dos graves problemas educacionais do sistema estadual de educação de Sergipe para o magistério público.

A análise feita pelo SINTESE mostra que a intenção da SEED é a mesma. Implantar o Índice Guia nas escolas. Pois nas portarias da SEED instituem o “Compromisso de Gestão”. Reconhecem essa expressão? O Compromisso de Gestão é o pilar de todo o projeto do Índice Guia de Avaliação de Desempenho criado por João Batista Mares Guia.

O SINTESE orienta que os professores não participem seja das comissões escolares para a organização do Dia D de avaliação e muito menos do próprio evento em si. No dia 07 de maio os educadores paralisam as atividades e estarão em ato público em frente à Secretaria de Estado da Educação a partir das 8h da manhã.

E para estas decisões os professores estão amparados pela própria legislação. O inciso XI do artigo 164 do Estatuto do Magistério diz que o docente deve se

“recusar a cumprir ordens manifestadamente ilegais, devendo representar contra a autoridade que o compelir e agir contrariamente a lei”.

O Índice Guia e o Compromisso de Gestão são ilegais, pois foram impostos através de portaria secretarial. Vale ressaltar que o SINTESE compreende a validade da portaria como instrumento normativo, mas uma portaria não pode se sobrepor ao Estatuto do Magistério, ao Plano de Carreira, a Lei de Diretrizes e Bases – LDB e a Constituição Federal.

Os professores interessados em marcar plenárias em suas escolas é só entrar em contato com o Departamento de Base Estadual do SINTESE no telefone 2104-9800

Sintese: realiza plenárias nas escolas da rede estadual entre elas Colégio Estadual Artur Fortes – Carira

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Sintese: realiza plenárias nas escolas da rede estadual entre elas Colégio Estadual Artur Fortes – Carira


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.