Serviços serão suspensos durante a paralisação de hoje

11 jul 2013 | 13:52 |
0 comentário

38ofnsp52Sergipe vai aderir a greve nacional marcada para acontecer em todo país na próxima quinta-feira, dia 11 de julho. O ato é para cobrar do governo e dos patrões o atendimento as reivindicações da classe trabalhadora que lutam por melhorias e benefícios.

Dentre as reivindicações de luta estão: a Tarifa Zero, estatização dos transportes públicos; educação pública e estatal – Saúde Pública e estatal – Não à privatização da Saúde, mais emprego e aumento real de salários; reforma agrária, não aos leilões do petróleo; não aprovação do Projeto de Lei nº 4330-2004- Terceirização dos serviços públicos, Valorização do Funcionalismo Público e Não achatamento da Carreira, 10% do PIB para a educação pública Já; Contra a Reforma trabalhista.

As mobilizações vão ocorrer durante todo o dia 11, sendo que a partir das 14h, todas as centrais sindicais farão um ato unificado na praça Fausto Cardoso.

Serviços
A equipe do Portal Infonet entrou em contato com representantes da classe trabalhadora para saber quais os serviços estarão suspensos durante o ato. Confira.

Bancos
Em conversa com Portal Infonet, o presidente do Sindicato dos Bancários, José Souza, informou que em assembleia realizada dia 7 deste mês, os bancários aprovaram a adesão ao movimento do dia 11. “O dia inteiro é de mobilização, de parar e ninguém abrir”, afirma Souza.

Nesta quarta-feira, 10, haverá uma assembleia no Sindicato dos Bancários às 18h30 apenas para definir os últimos ajustes da paralisação.

Educação
Os professores da rede estadual de ensino vão aderir ao movimento nacional segundo informou a presidente do Sintese, Ângela Melo. Por conta disso, as aulas na rede estadual estarão suspensas neste dia.

Em assembleia geral realizada na última terça-feira, 9, os professores da rede municipal de ensino também decidiram por aderir à paralisação do dia 11 e suspender a aula neste dia, segundo informou uma representante do Sindipema.

Os professores da UFS marcarão presença na manifestação em defesa dos serviços públicos gratuitos e de qualidade. A concentração acontece a partir das 14h, na Praça Fausto Cardoso, Centro, com ato marcado para começar às 16h.

Saúde
Os médicos da rede estadual e municipal farão uma manifestação durante o ato do dia 11. As mobilizações ocorrerão a partir das 7h30, em frente a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed), João Augusto Oliveira, o atendimento no Huse, Nestor Piva e Fernando Franco ocorrerá normalmente, já que os médicos destas unidades não participarão dos atos para não prejudicar a população.

Já o presidente do Sindicato dos Condutores de Ambulância de Saúde (Sindconam), Adilson Ferreira Melo, apenas 50% das ambulâncias vão funcionar. A concentração dos condutores do Samu ocorrerá a partir das 6h30 na base do Samu, situado no bairro Siqueira Campos.

Transporte
Segundo informações passadas pelo diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Aracaju (Sinttra), Francisco de Assis, os motoristas não vão aderir à greve nacional a ser realizada dia 11.

Movimento Não Pago
No dia 11, o Movimento Não Pago volta às ruas. A categoria realiza um ato público na porta da Petrobras às 7h.

Sindiprev
Os servidores do INSS, Ministério da Saúde e Ministério do Trabalho, reunidos em assembleia geral definiram paralisar os trabalhos no dia 11, se somando ao calendário unificado de várias categorias.

O Sindiprev/SE definiu realizar atos nos locais de trabalho no período da manhã do dia 11 e, a partir das 14h, seguir à praça Fausto Cardoso para reforçar o ato unificado dos trabalhadores.

CUT
Às 8h, sindicatos filiados à CUT/SE se encontram no Calçadão da João Pessoa, em frente à Caixa Econômica. À tarde, 14h, todas as centrais juntas na Pça Fausto Cardoso.

Sindifisco
O Sindicato do Fisco em Sergipe (SINDIFISCO) apoia a e participa do “11 de julho” com uma paralisação por 24 horas. Os auditores entram nessa luta por entenderem que se deve aplicar 10% do PIB na educação pública, bem como 10% do Orçamento da União na saúde pública.

Sintrase
De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase), Waldir Rodrigues, o Sindicato vai aderir a mobilização sendo que cada trabalhador é que vai decidir se para ou não neste dia.

Serviços serão suspensos durante a paralisação de hoje

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Serviços serão suspensos durante a paralisação de hoje


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.