SAMU: paralisam as atividades por falta de reajustes salarial

26 fev 2014 | 16:34 |
0 comentário

Motoristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em Sergipe, decidiram em assembleia geral realizada nessa terça-feira (25) paralisar as atividades. O motivo da paralisação é a falta de reajuste salarial e o veto imposto pelo Governo Federal ao projeto de Lei 7191/10, que pretendia regularizar a profissão de condutor de veículos de emergência. Mais de 1500 motoristas paralisarão as atividades nesta quinta-feira (27).

Samu-O valor base do salário dos motoristas do SAMU é de R$ 634 reais, quantia inferior em comparação ao salário mínimo que é de R$ 724 reais. O sindicato dos Condutores de Ambulância de Saúde (Sindconam) lembra que o Governo Federal tem até o dia 4 de abril de 2014, para fazer as mudanças salariais acima da inflação.

O Governo Federal vetou o projeto em Novembro de 2013, alegando que onerária pequenos municípios e comprometeria o princípio da isonomia em relação a motoristas de outros tipos de veículos.

Redação Itnet.

SAMU: paralisam as atividades por falta de reajustes salarial

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: SAMU: paralisam as atividades por falta de reajustes salarial


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.