Nota de Repúdio – Sertão sem São João

28 maio 2013 | 15:53 |
0 comentário

decreto seca

As várias esferas do Governo não estão tão preocupadas com os sergipanos como parece. As medidas tomadas, como em todos os anos em que se registra um período de seca mais intenso, são paliativos que têm como objetivo persuadir as comunidades mais carentes, tornando-as reféns de um ciclo vicioso. Mas rende de forma distinta, um modo fácil de se trabalhar, sem precisar de licitações, como é o caso de municípios com estado de emergência reconhecidos pela Defesa Civil. Através de uma fórmula simples, dá pra notar a falta de preocupação com a população de diversos municípios sergipanos.Além de Carira, existem mais 23 municípios com estado de emergência reconhecidos. Em municípios onde não existe o estado de emergência, o Ministério da Cultura e Turismo financia festas normalmente. Ora, o que tem a ver festas com preocupação com os sergipanos atingidos pela seca? É fácil. Além da seca que prejudicou drasticamente o sertanejo, o comércio destes municípios será prejudicado em suas vendas, pois muitos comerciantes renovaram seus estoques esperando os festejos juninos, que para o Nordeste é a época mais promissora e turística. Acabam sendo privados da alegria e de manifestar suas culturas. Enquanto se gasta bilhões de reais com a construção de estádios para a Copa e que muitos deles serão utilizados apenas uma vez, o Governo Municipal fica proibido de realizar qualquer tipo de festas nas cidades atingidas, mas os Governos Estadual e Federal não ficam proibidos de ajudar estes municípios, mais uma vez prejudicados neste período. E mesmo se for, não deveria ser.
Desta forma, para tentar amenizar esta situação, o comércio local de algumas cidades está se unindo para a realização de uma festa junina emergencial, para que o comércio aqueça e possa receber alguns poucos turistas. Em Carira, a CDL está solicitando a união destes comerciantes para a realização do São João do Comércio, além de produtores de eventos independentes, que juntamente com associações,  estão tentando realizar o Arraiá da Vila. Pois não somente a economia aquece, mas pelo menos o sofrido sertanejo pode sorrir e descontrair, comemorando o início das chuvas.

 

Por Moacir de Menezes

Nota de Repúdio – Sertão sem São João

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Nota de Repúdio – Sertão sem São João


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.