Jovem encontrada morta motiva protesto com queima de ônibus no Rosa Elze

12 jun 2013 | 18:33 |
0 comentário

barreiroManifestantes do Barreiro, em São Cristovão, protestaram na noite desta terça-feira, 11, na rodovia João Bebe Água, na entrada do conjunto Rosa Elze, onde depredaram e atearam fogo em três ônibus, após o aparecimento do corpo da adolescente de 16 anos, Laisa Santos Andrade, nesta tarde.

 

Informações dão conta que o corpo da adolescente foi encontrado em uma mala, nas proximidades do Barreiro, onde morava, com o rosto desfigurado. O crime teria sido praticado por um pedreiro e morador do mesmo bairro que trabalhava na sua residência, que foi preso e solto em seguida por falta de provas.

 

Já munida de provas, a polícia voltou para prender o pedreiro. A população, revoltada, queria linchá-lo e impedir que a polícia o levasse. O tumulto começou e os manifestantes começaram a jogar pedras e até furaram o pneu da viatura na tentativa de que a polícia entregasse o acusado à população. Com a chegada do reforço, a polícia finalmente conseguiu levar o pedreiro preso e os manifestantes começaram com o protesto, onde apedrejaram carros e motos particulares e atearam fogo em três ônibus coletivos.

 

A adolescente estava desaparecida desde o dia 6/6, de dentro da sua própria casa. Na ocasião, vizinhos ouviram gritos de socorro mas, lá chegando, não encontraram ninguém. A polícia de Choque e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local para contornar a situação, que ainda era tensa.

 

Da redação do Universo Político.Com

Jovem encontrada morta motiva protesto com queima de ônibus no Rosa Elze

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Jovem encontrada morta motiva protesto com queima de ônibus no Rosa Elze


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.