Jackson Barreto 70 anos

6 maio 2014 | 13:41 |
0 comentário

Jackson Barreto de Lima, (Santa Rosa de Lima, 6 de maio de 1944) é um advogado e político brasileiro com carreira baseada em Sergipe sendo eleito prefeito de Aracaju em 1985. Deputado federal por quatro mandatos. Em 2010 foi eleito vice-governador do estado. Após a morte do governador Marcelo Déda, em 2 de dezembro de 2013, assumiu o governo do estado do Sergipe.

 

10322912_629450947144031_194303918_n

Filho de Etelvino Alves de Lima e Neuzice Barreto de Lima. Advogado com Bacharelado em Direito pela Universidade Federal de Sergipe é funcionário público lotado na Receita Federal, tendo antes trabalhado na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.
Sua carreira política começou em 1970 como presidente da juventude do MDB em Aracaju, cidade onde foi eleito vereador em 1972, tendo antes militado no clandestino PCB. Vitorioso nas campanhas para deputado estadual em 1974 e deputado federal em 1978, ingressou no PMDB e foi reeleito para a Câmara dos Deputados em 1982. Sua última eleição pelo PMDB aconteceu em 1985 quando venceu a disputa pela prefeitura de Aracaju. Em 1988 ingressou no PSB.

Sua passagem pelo executivo foi abreviada por sua cassação em maio de 1988 pela Assembléia do estado de Sergipe, tendo como voto de minerva pela sua saída do cargo sido dada pelo agora aliado e ex-governador de Sergipe, Marcelo Déda, mas disputou as eleições de novembro quando conquistou o segundo mandato de vereador em Aracaju.

Integrado ao PDT foi candidato a senador em 1990 mas teve sua pretensão impugnada pela Justiça Eleitoral. Em 1992 foi eleito para o seu segundo mandato de prefeito na capital sergipana, mas renunciou para disputar o governo de Sergipe em 1994, mas foi derrotado em segundo turno por Albano Franco, candidato do PSDB. Assumiu como prefeito aracajuano seu primo Almeida Lima. Em 1998 retornou ao PMDB, mas falhou em eleger-se senador diante de Maria do Carmo Alves, mesmo recebendo o improvável apoio de Albano Franco. Barreto trocou ainda duas vezes de partido migrando para o PMN e para o PTB, sendo eleito deputado federal em 2002 e 2006, respectivamente. Filiou-se mais uma vez ao PMDB em 2007.

Jackson Barreto recebeu muito destaque da imprensa nacional em 2009 por conta da sua proposta de emenda à Constituição Federal (PEC) que previa a possibilidade de duas reeleições para membros do Executivo. Como consequência, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por exemplo, poderia ser candidato a um terceiro mandato. Tal projeto foi, posteriormente, rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Em 2010 foi eleito vice-governador de Sergipe na chapa que reelegeu o governador Marcelo Déda, seu adversário nas eleições municipais de 1985.

Em 2013, com a morte de Marcelo Déda, Barreto assumiu o governo sergipano no mandato que encerra-se em 2014, quando poderá candidatar-se ao cargo.

Jackson Barreto 70 anos

Comente com sua conta no facebook

Se não tiver facebook comente aqui.

Para: Jackson Barreto 70 anos


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.